andar embiocada


A origem desta expressão remonta ao século XVII, altura em que as senhoras da sociedade, especialmente nas grandes cidades, usavam uma espécie de touca de freira (o bioco), cuja finalidade era, de alguma forma, preservar a sua intimidade. Daí que à expressão andar embiocada o povo lhe tenha associado o andar calada, metida consigo mesmo, ou até, tristonha e ensimesmada.
(ver pensar na morte da bezerra)

 

 

 

 

(cismas tuas, trinta e duas)

16 comentários sobre “andar embiocada

  1. gilberto 29 Maio, 2007 / 21:10

    Dissestes que a origem da expressão “andar embiocada” remonta ao Sec. XVIII, mas Gregório de Mattos, cantando a Bahia do século XVII, já usava essa expressão, a saber (note que o sentido é o mesmo):
    “A Donzela embiocada
    mal trajada e mal comida
    antes quer na sua vida
    ter saia que ser honrada
    à pública amancebada…

  2. triliti star 24 Maio, 2007 / 03:49

    uma curiosidade bem interessante.
    obrigado.

  3. sonhadora 23 Maio, 2007 / 21:57

    Mergulho no meu céu e sonho…
    Beijinhos embrulhados em abraços

  4. eu 23 Maio, 2007 / 01:02

    Dessas coisas eu nada percebo.
    Agora, respondendo à tua pergunta, o pintinho que referiste é um filho legítimo; o meu, pobrezito…

  5. JPD 22 Maio, 2007 / 21:09

    Muita sedução está naquilo que deixa adivinhar e não no que se mostra.
    Um abraço

  6. Gi 22 Maio, 2007 / 19:21

    Há anos e anos que não ouvia essa expressão e muito menos sabia de onde derivava.
    Noite feliz, um beijinho

  7. sonhadora 22 Maio, 2007 / 18:48

    Hoje, regresso a mim e pernoito na magia do sonho.
    Beijinhos embrulhados em abraços

  8. un dress 22 Maio, 2007 / 10:06

    sempre a aprender…
    bioco…desconhecia…:)

  9. avelana 22 Maio, 2007 / 08:25

    conheço a expressão – a minha avá tb a usava embora não se embiocasse muito qd ficou viúva, apenas o indispensável….

  10. Maria P. 22 Maio, 2007 / 08:51

    Fantástico!
    Até Maio anda embiocado! 🙂

  11. Anónimo 22 Maio, 2007 / 00:18

    E também, talvez, porque enquanto se faz um bico não se fala.

  12. eu 22 Maio, 2007 / 00:17

    Este comentário foi removido pelo autor.

  13. Frioleiras 21 Maio, 2007 / 18:47

    Cheguei aqui por acaso… (estava a partir-me a rir com o teu comentário num blog d boa disposiçao e q tu frequentas, tal como eu …D. Maria e o Coelhinho)
    e vim parar ao teu link… Gostei, mt !
    Abç
    F.

  14. Anónimo 21 Maio, 2007 / 17:37

    Mais uma interessante lição.
    É de continuar.
    L.C.

  15. mafalda 18 Maio, 2007 / 18:34

    A minha avó contava que, quando ficou viúva, lhe disseram: “ó mulher não te embioques muito, senão depois vais ter que te desembiocar”.
    Nunca mais tinha ouvido essa expressão. Achei curioso encontrá-la aqui.

    Beijinho.

(actualmente os comentários estão encerrados)