bichos carpinteiros (ter)

Dito usado muito frequentemente que pretende significar alguém (especialmente crianças) que não consegue estar sossegado, calmo ou quieto, tempo algum.
Se atentarmos na expressão com um pouco de atenção verificamos que ela é, aparentemente, pouco explicável. O que serão, na verdade, bichos carpinteiros?
Conhecemos, de facto, os bichos da madeira (designados por caruncho ou gorgulho, existe em Portugal uma grande variedade desses pequeníssimos insectos xilófagos, palavra que designa os animais que perfuram a madeira), mas, o facto é que, entre as suas características, ressalta a sua pouca, ou lenta, mobilidade. Daí…
O que provavelmente aconteceu com esta expressão deveria ter sido resultado continuado da corruptela de uma outra, essa sim com o sentido que se lhe conecta, dizendo esta criança tem bichos pelo corpo inteiro.
(desenho de Pedro Nuno, aluno da Escola Básica e Secundária do Vale do Âncora)

 

 

 

(não busques inquietações; espera, que elas procuram-te)