cair na bancarrota

Cair na bancarrota, infelizmente, é uma coisa vulgar, nos dias que correm.
Na Veneza medieval, os mercadores faziam o seu comércio em bancas de madeira, nos largos da cidade. Quando se esgotava o capital de algum mercador, os seus credores, furiosos, procuravam fazer justiça pelas próprias mãos, partindo-lhe a banca, acabando-lhe com o negócio.
Daí o termo bancarrota, que na língua veneziana significa banco partido.

.

 

 

(bem perdido está quem atrás do perdido anda)