não é bem assim…II parte

BIG BEN
O Big Ben é…
a torre? Não! Ah!, pois claro, é o relógio! Não! O Big Ben é, apenas, o… sino! Exactamente, o sino que bate as horas. Pesa qualquer coisa como quase catorze toneladas e o seu nome foi inspirado em no do Sir Benjamin Hall, que era o Comissário de Obras quando o sino foi instalado.
SANSÃO E DALILA
 Será, porventura, difícil de acreditar, mas Dalila, simplesmente, não foi, de maneira nenhuma, quem cortou os cabelos a Sansão
Segundo o Antigo Testamento (Juízes 16:19), Dalila fez Sansão ‘dormir em seus joelhos; e ela chamou um homem, e lhe pediu que cortasse os sete cachos da cabeça dele’. Na verdade, Sansão sucumbiu porque Dalila o molestou tanto que ‘a alma dele foi atormentada até à morte’. Esquisito, mas parece que foi mesmo assim…
ASSINATURA DA MAGNA CARTA
Pois… é complicado, eu sei, mas o acontecimento que muito boa gente considera o primeiro passo para a democracia inglesa, na verdade, nunca ocorreu! A Magna Carta não foi assinada; há, inclusive, as maiores dúvidas sobre se o Rei João saberia escrever!…
O documento em questão foi autenticado, foi; mas apenas com um selo.
GAITA-DE-FOLES
Isso: escocesa! Sim, mas só por ser considerada o instrumento nacional da Escócia. Nada Mais. Diria até que ela é tão escocesa, quanto irlandesa. A gaita-de-folesé, de facto, um instrumento muito mais antigo, originário da velha Pérsia e dali trazido para as Ilhas Britânicas pelos Romanos. Aliás podemos encontrar modelos semelhantes na Espanha, Itália, França ou em vários locais dos Balcãs.

TULIPA
Holandesa! E não se fala mais nisso. Pois claro que não; veio das estepes da Ásia Central. A palavra ‘tulipa’ deriva, originariamente, de um vocábulo turco que significa ‘turbante’. Os turcos adoravam a tulipa e já a cultivavam intensamente no século XVI (ou, talvez, até muito antes). Em meados do século XVI, Augier Ghislain Busbscq, embaixador da Áustria na corte de Solimão, o Magnifico, sultão do Império Turco, trouxe bolbos da planta para o seu jardim, em Viena. Foi daí que ela se espalhou pela Europa Ocidental. Em 1562, há notícia de ter sido recebido, na cidade de Antuérpia, um volumoso carregamento de bolbos da planta, provindo de Constantinopla.  

E a lista podia continuar, por uns tempos. Podíamos falar, por exemplo, da célebre frase ‘eles que comam bolos’ que a Maria Antonieta ‘não’ disse. Ou do Frankenstein que é nome do monstro que, na verdade, ‘não‘ é dele mas sim o da pessoa que o criou.
Ou do… que… afinal não é… que…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *