dar o amoque!…


dar
(deu-lhe) o amoque
refere alguém que, súbita e inexplicavelmente, muda de humor, passando de um estado normal ou bem-disposto para um estado de zanga, fúria ou simples amuo.

amoque é o aportuguesamento da palavra malaia amok, que define um distúrbio psíquico que pode levar o doente a actos criminosos, mesmo a assassínios indiscriminados. Este sentido malaio atenuou-se com a banalização do termo.
A voga da palavra deve-se, curiosamente, a um dos mais conhecidos romances de Stefan Zweig, Amok, ou o Louco da Malásia (1922) que teve grande divulgação entre nós, no século passado.

 

 

 

 

(um só doido endoidece cem)

 

20 comentários sobre “dar o amoque!…

  1. LopesCa 28 Agosto, 2007 / 00:56

    A imagem está muito gira 🙂

  2. Rita Lemos 21 Agosto, 2007 / 22:18

    Sempre interessante e bem documentado 🙂
    Eu que gosto tanto de livros já fico com mais esse debaixo de olho, obrigada
    Abraço

  3. De Amor e de Terra 21 Agosto, 2007 / 02:28

    Olá Meu Amigo, bom dia!
    Sempre que aqui venho, aprendo algo mais; obrigada!
    E desta vez, aprendi que o que me dá com frequência, tem nome…
    são amoques!!!
    Abraço
    Maria Mamede

  4. pin gente 20 Agosto, 2007 / 18:27

    julguei que era também “passar para o outro lado”

  5. Sophiamar 20 Agosto, 2007 / 08:00

    ás vezes também me dá mas não sabia quem mo tinha deixado.
    Desejo-te um bom dia e uma boa semana.
    Beijinhos

  6. Ana Ramon 17 Agosto, 2007 / 23:38

    Ás vezes a mim também me dá :)))))))
    Beijinhos

  7. Jardineira aprendiz 16 Agosto, 2007 / 22:04

    Não conhecia! Vai fazer parte do meu rol de desabafos! 😉
    (A música, como sempre, é óptima!)

  8. triliti star 16 Agosto, 2007 / 00:40

    e ainda está em vigor o regulamento policial para os mendigos de Lisboa, publicado em 1905 ?

  9. Bichodeconta 14 Agosto, 2007 / 10:17

    Gosto de palavras pouco usadas e que fazem pensar o seu significado… É tão bom viajar até aqui, encontro sempre escritas interessantes, mais do que interesantes…Parabéns.. Um abraço.

  10. José Brandão 12 Agosto, 2007 / 20:47

    Este é um dos blogues esteticamente mais bem concebidos que tenho encontrado. Ganha bastante com a divulgação, a par, da música tradiocinal. Os meus parabéns.
    José Brandao

  11. C Valente 12 Agosto, 2007 / 20:17

    Passei para desejar uma boa semana
    saudações amigas

  12. D. Maria e o Coelhinho 11 Agosto, 2007 / 23:38

    E SE VIESSES OUVIR UM BOCADINHO DA MINHA OPERA PREFERIDA , COMIGO ?
    FAZ-ME FALTA A TUA COMPANHIA!
    D. MARIA I

  13. Vieira Calado 11 Agosto, 2007 / 18:59

    Estou sensibilizado com o seu comentário no meu blog de astronomia, tanto mais que se vê que estamos a tratar com alguém que conhece essa matéria, ou, pelo menos, a sua história, desde os inícios.
    Um abração

  14. C Valente 10 Agosto, 2007 / 23:25

    Amoque tambem significa na giria ” morte, ao fulano deu-lhe o amoque e foi-se.
    Resp: E foram felizes para sempre…., logo se verá com o tempo
    Bom fim de semana
    saudações amigas

  15. eu 10 Agosto, 2007 / 23:07

    Actualmente não se ouve falar nesse escritor. Há pouco tempo publiquei um post que tinha o nome de um seu livro: Confusão de sentimentos.
    Vou de férias, tentar esquecer os últimos tempos.
    Adeus, bom fim de semana.

    D. Galinha

  16. Klatuu o embuçado 10 Agosto, 2007 / 23:16

    E os gatos são criaturas imprevisíveis… de ascendência a Oriente.
    Abraço.

  17. Meg 10 Agosto, 2007 / 21:32

    Gostei de saber mais esta do amok.
    Quem diria!
    Bom fim de semana
    Abraço

  18. Vieira Calado 10 Agosto, 2007 / 17:53

    Li Stefan Zweig quando tinha 13 ou 14 anos…
    Quanto ao comentário que deixou no meu blog, devo dizer-lhe que ele não tem cheirinho nenhum de astrologia. O que tem, sim, são passagens da mitologia clássica.
    Um abraço.

  19. bettips 10 Agosto, 2007 / 17:50

    Aqui é como as capelinhas, visito uma (a outra) e salto para esta. Salto não, ajoelho.

  20. bettips 10 Agosto, 2007 / 17:20

    Já no século passado?
    O tempo passa por nós, mais depressa. A mim dá-me o Amok mais para o silêncio. Obstinado. Abç

(actualmente os comentários estão encerrados)