doutor da mula ruça

Esta frase, que vulgarmente se emprega no sentido irónico ou de troça, visando alguém que mesmo detendo algum diploma, não tem conhecimentos capazes sobre o assunto, outrossim ainda apontado qualquer charlatão, que fazendo-se passar por aquilo que não é, tenta enganar os outros fingindo ser muito erudito.
Curioso é que a narrativa, comprovada documentalmente, sobre o verdadeiro doutor da mula ruça aponta em sentido praticamente oposto, ou seja, um homem que exercia a medicina, tinha conhecimentos bastos e capazes, mas não possuía qualquer diploma que o habilitasse.
Chamava-se ele António Lopes e viveu em Évora, calcula-se que na primeira metade do século XVI. Bacharel em Artes e Medicina pela Universidade de Alcalá, requereu a D. João III o grau de doutor válido em Portugal, o que não lhe foi concedido. Andava sempre montado numa mula ruça e daí o ser geralmente conhecido na região pelo físico da mula ruça, epíteto popular de que muito se glorificava, de tal forma que o fez exarar na sua carta de doutor.
António Lopes estudara durante dez anos em Alcalá de Henares, embora tendo toda a suficiência e requisitos para obter o grau de doutor, todavia não o conseguiu, diz-se, por falta de meios, mesmo depois de ter sido examinado pelo físico-mor do reino.
Desse auto, que se realizou em Maio de 1534, sobrou uma carta régia da chancelaria de D. João III existente na Torre do Tombo, onde se lê ter o físico da mula ruça, António Lopes, estudado nove ou dez anos no estudo de Alcalaa de Annares...
(ver macho ruço)

 

 

 

(mais fácil é ao burro perguntar que ao sábio responder)

12 comentários sobre “doutor da mula ruça

  1. Anónimo 14 Maio, 2008 / 23:58

    Quando éramos pequenos, meu avô materno, Vicente Badenes, chamava a todos os netos varões de “capitão da mula ruça”
    Eu já pesquisei na google e o mais perto que encontrei foi este Doutor.
    Gostei.
    Boa sorte
    Silvio Badenes de Gouvêa
    silvio.badenes@fgv.br

  2. Maria 22 Março, 2007 / 09:43

    ja sai do teu blog com mais cultura :)pq nao sabia…beijinho

  3. psique 5 Fevereiro, 2007 / 14:15

    contigo aprendo sempre mais… obrigada

  4. Bia 3 Fevereiro, 2007 / 17:52

    do seu outro texto passei para este e aqui está a explicação do “Doutor da Mula Ruça”! o que quer dizer que a maioria das pessoas emprega esta frase mal…
    Vivendo e aprendendo…
    Obrigada
    Um beijo

  5. Paulo Sempre 3 Fevereiro, 2007 / 02:16

    Interessante.
    Bom fim de semana.

  6. Elipse 2 Fevereiro, 2007 / 10:31

    oh!
    … e como as coisas ficam pelos tempos fora!

  7. De Amor e de Terra 2 Fevereiro, 2007 / 05:46

    Olá Amigo! Afinal foi fácil! Difícil é a minha falta de atenção, uma vez que quase sempre ando nas nuvens, ou por aí…
    Gostei muito, mesmo muito de saber qual a origem deste dito; Agradecida! sabe tão bem conhecer
    origens!!!
    Obrigada e um abraço.
    Maria Mamede

  8. Menina_marota 1 Fevereiro, 2007 / 19:25

    Já dizia a minha Avó, acerca de um falso médico que por lá havia, mas todos sabiam que não era “cursado”…
    “lá vem o Dr. da mula ruça…”…
    …pensave eu que o dito era por ela não gostar dele… 😉

  9. blugaridades 1 Fevereiro, 2007 / 19:24

    Gosto destas coisas a propósito. Voltarei propositadamente para te ler.
    Beijos

  10. Besnico di Roma 30 Janeiro, 2007 / 18:18

    Olha lá ó meu… trocaste a fotografia!
    O que é que o chefe do governo tem a ver com a tua história?!?!

  11. BeloDesign.com 30 Janeiro, 2007 / 17:44

    E há tantos “doutores” assim…

  12. Testa Alta 30 Janeiro, 2007 / 16:50

    Vivendo e aprendendo!
    Obrigada pelo ensinamento.
    Só conhecia a faceta irónica da expressão.

(actualmente os comentários estão encerrados)