falar pelos cotovelos

É sempre com enfado que dizemos aquele fulano fala pelos cotovelos.
Mas, que raio!, como é que se pode… falar pelos cotovelos?!
Quem explica bem isso é Horácio (cerca de 35 a.C), poeta romano que, nas suas Sátiras, tanto criticou os enfatizados e petulantes da época. Uma dessas figuras eram os impertinentes que nunca se calavam e tinham o irritante hábito de prender pelos cotovelos os seus forçados ouvintes.
Ora digam lá se não conhecem, pelo menos, um emplastro destes?…

 

 

 

(picam os indiscretos mais que os insectos)