gato-pingado

gato-pingadoUsualmente a adjectivação gato-pingado refere assim os que tratam das formalidades gerais de um funeral. Curiosamente, no seu sentido inicial, a expressão pretende, de modo depreciativo, referir uma inferioridade, numérica ou relacionada, no contexto de qualquer acto.
A origem estará, provavelmente, numa remota tortura japonesa que consistia em fazer pingar óleo a ferver sobre pessoas ou animais, neste último caso especialmente gatos. De tal violência era a tortura que, segundo alguns escritos, os suplícios tinham sempre uma reduzida assistência, tal era a grandeza da crueldade.
Daí que, então, a expressão gatospingados passou a indicar uma pequena assistência distanciada, sem entusiasmo ou ligação com determinado evento.
Assim, em síntese, poder-se-á encontrar alguma complementaridade nestas asserções, não acha?…
(ver gato escaldado de…)

 

 

 

(com má gente haja muita terra de permeio)