Junho (outra vez…) nos provérbios

(do latim Junius (de Juno), ou ainda de Juniores (jovens),
era o mês consagrado à Juventude ou a Juno)

Feno, alto ou baixo, em Junho é segado
Água de S. João (24) tira o vinho e não dá pão
Em Junho frio como punho
Junho floreiro, paraíso verdadeiro
Até S. Pedro (29) tem o vinho medo
Dia de Santo António (13) vêm dormir as castanhas aos castanheiros
Dia de S. Barnabé (11) seca-se a palha pelo pé
Em dia de S. Pedro vê o teu olivedo; se vires um grão, espera por um cento
Galinhas de S. João pelo Natal poedeiras são
Lavra pelo S. João se queres haver pão
Ouriços no S. João são do tamanho de um botão
Para o S. João guarda a velha o melhor tição
Pelo S. João deve o milho cobrir o pão
Porco no S. João, meão; se meão se achar, podes continuar. Se mais de meão, acanha-lhe a ração
S. João e S. Miguel (29 Setembro) passado, tanto manda o amo como o criado
O S. Pedro tapa o rego
Sardinha pelo S. João já pinga no pão
Sol de Junho madruga muito
Vaca de vilão se no Inverno dá leite melhor o dará no Verão
Quando o vento ronda ao mar na noite de S. João, não há Verão
Água de Santo António tira o pão à gente e dá vinho ao demónio
Chovam trinta dias e não chova em Junho
Chuva de São João, cada pinga vale um tostão
Chuva de Junho, mordedura de víbora
Em Junho abafadiço fica a abelha no cortiço
Em Junho dorme-se sobre o punho
Em Junho ceifo-o e debulho-o e, quando o vento vier soprando, vai-o limpando
Junho, da urtiga nasce a rosa
Em Junho, perdigoto como punho
Em Junho reina o gorgulho
Os pingos pelo São João sempre valem um tostão
Não há alperces como os de São João
Por São João, os trigos estão em pendão
Semeado serôdio ou temporão, o linho é arrancado pelo São João
Pelo São João deve o milho cobrir o rabo do cão
Pelo São João já o perdigoto come pão
 
.

 

5 comentários sobre “Junho (outra vez…) nos provérbios

  1. c valente 10 Julho, 2008 / 19:21

    Saudações amigas

  2. Gi 14 Junho, 2008 / 23:41

    Hoje bati o meu record pessoal. Não conhecia nenhum. Caramba e vangloriava-me (de mim para mim) de conhecer muitos …

    Um beijinho e resto de bom fim de semana

  3. APC 8 Junho, 2008 / 18:06

    Da urtiga nasce a rosa… Belo poema este, e que todos nós possamos ter alguns junhos assim.

    Abraço amigo!

  4. Justine 7 Junho, 2008 / 17:01

    Bem aparecido seja, que tanta falta por cá fez!!!
    A necessidade das tuas informações é enorme, como vamos nós começar o mês sem termos os teus provérbios? Eu por mim só o vou começar hoje :))
    Bom fim de semana

  5. d´Agolada 6 Junho, 2008 / 17:34

    Ola, encantado de coñecer o teu blogue, moi interesante, prometo voltar. É incrible a cantidade de probervios que ten cada mes, algo totalmente incrible. Unha aperta.

(actualmente os comentários estão encerrados)