lá que disseram, disseram…


Mesmo que já nada lhe espante, admita que estes, no mínimo, são pensares bem originais!…
Ora veja o que eles disseram. E quem o disse…

‘Todas as pessoas nascem com a condição de originais; a maioria morre como se fosse uma cópia.’
‘Prefiro beijar um leproso do que apertar a mão a um cretino.’
(Pitigrilli, pseudónimo de Dino Segre, escritor italiano)
‘O provável é tudo aquilo que ocorre com mais frequência.’
(Aristóteles, filósofo grego)
‘Que brilhante e bonito nos parece um cometa à sua passagem pela Terra. Na condição que passe suficientemente longe.’
(Isaac Asiomov, bioquímico russo-americano)
‘Sabemos que o íman atrai a magnetite, mas ignora-se se esta também atrai o íman, ou se ele é arrastado contra a sua vontade.’
(Michael Faraday, físico e químico inglês)
‘Nenhum homem devia casar-se antes de estudar anatomia e ter, pelo menos, dissecado uma mulher.’
(Honoré de Balzac, escritor francês)
‘Em questões de Ciência, é preferível ler o mais recente; já no que respeita à Literatura é preferível o mais antigo.’
(Barão de Lytton, escritor inglês)
‘Triste época a nossa: é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito.’
‘O nacionalismo é uma doença infantil: é o sarampo da Humanidade.’
‘Para castigar o meu desprezo pela autoridade, o destino fez de mim uma autoridade.’
(Albert Einstein, físico germano-americano)
‘Tudo funciona melhor, quando estiver ligado.’
(Thomas Alva Edison, inventor americano)
‘O problema dos factos é que são muitos.’
(Temistocles, político ateniense)
‘Às vezes odeio a gravidade! Sem a atracção da Terra, um homem podia lançar outro, só com um sopro, para as profundidades do espaço, sem retorno possível, durante toda a eternidade.’
(Roger Joseph Boscovich, matemático croata)
‘O Homem é tão apaixonado pela Inteligência que, quando não é suficientemente inteligente para a usar, fica impressionado.’
(Samuel Taylor Coleridge, poeta inglês)
‘Não há nada mais terrífico do que ver a Ignorância em acção.’
(Johann Wolfgang Von Goethe, filósofo alemão)
‘Senhor Watson, preciso de falar consigo’
(primeiras palavras ditas por telefone)
(Alexander Graham Bell, inventor americano)
‘Um biofísico fala de física aos biólogos e de biologia aos físicos, mas quando se encontra com outro biofísico só fala de mulheres.’
(Aurélien Scholl, escritor francês)
‘Em política não conheço nada mais repelente do que a Democracia que se ajusta sempre a uma maioria composta por alguns espertos, alguns malandros que se lhes colam, dos fracos que se deixam assimilar e da grande maioria que vem atrás, com passos rápidos e miúdos, sem a mínima ideia daquilo que quer.’
(Johann Wolfgang Von Goethe, filósofo alemão)

22 comentários sobre “lá que disseram, disseram…

  1. jawaa 30 Julho, 2009 / 15:33

    Gosto de ler estes pensamentos que me recordam os velhos tempos do Reader's Digest… ainda em casa paterna. Era a primeira coisa que ia procurar para ler.
    E não é que encontramos sempre coisas que se adaptam na perfeição aos nossos – direi – incómodos actuais?
    Obrigada por isso.

  2. Licínia Quitério 22 Julho, 2009 / 15:07

    "…ver a ignorância em acção" dá-me calafrios. Porquê? Porque tenho mau feitio, claro.

    Abraços.

  3. Arabica 20 Julho, 2009 / 21:06

    E são mesmo originais!

    Uma boa semana, beijinhos

  4. tempusinfinitae 19 Julho, 2009 / 23:44

    "- Que pensa da morte?
    – Não sei, nunca fui lá. Quando chegar lá vejo como é e venho cá dizer-lhe"- Agostinho da Silva.

    Será que já cumpriu?

    Abraços e um grato! pelo pedaço de boa disposição

  5. MagyMay 19 Julho, 2009 / 09:17

    Caro Tinta Permanente
    Mesmo não sendo este o local próprio, provavelmante…preciso saber (confirmar) se aterrou por aí um "sinal de fumo" proveniente do ciberespaço mouro.
    Sim..Não…Nim????

    Abraço

  6. Dina 18 Julho, 2009 / 14:55

    Por muito que me custe admiti-lo…tenho que concordar com Goethe.

  7. gaivota 17 Julho, 2009 / 21:59

    tantas verdades nestes pensamentos!
    se tudo se fizesse assim, estaria o mundo bem melhor! (alguns…)
    beijinhos

  8. Isamar 17 Julho, 2009 / 17:42

    Para ler, reler e pensar. É sempre tão bom passar por aqui, querido amigo.

    Bem-hajas!

    Abraços

  9. Meg 17 Julho, 2009 / 16:57

    Em dia de pleno regresso, eis-me aqui, dando umas boas gargalhadas…
    Quem diria!
    Soubera eu e teria passado mais cedo… hoje.

    Bom fim de semana

    Um abraço

  10. elvira carvalho 17 Julho, 2009 / 13:01

    Muito interessantes algumas destas frases. A Balzac eu diria, que quando uma mulher casa já "dissecou" pelo menos meia duzia de homens.
    Um abraço

  11. bettips 17 Julho, 2009 / 11:17

    Todas actuais: não sei se actuantes…
    Boa amostra de alto espectro, tão velho/novo. É bom reler e pensar.
    Com efeito, a última pasmou-me de verdade…pelo retrato do chico-espertismo português!
    Bjinho

  12. Vieira Calado 17 Julho, 2009 / 00:11

    Obrigado pela visita ao meu blog de astronomia.

  13. APC 16 Julho, 2009 / 19:16

    Tão verdade, a da literatura (*) versus ciência, sem dúvida! Merecedora de tanta reflexão, a de que é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito! Quanto à do poeta STC, eu diria: o Homem é tão obcecado pela inteligência, que fica surpreendido quando percebe que o que mais o encanta a dispensa!

    E a pensar morreram já tantos burros, e outros 'inda hão-de morrer! Mas não pensar já é a morte, por isso estamos menos mal.

    (*) Vou abrir aqui uma excepçãozinha para um certo senhor que escreve umas certas coisas…!

    😛

  14. Teresa Durães 16 Julho, 2009 / 09:52

    "O nacionalismo é uma doença infantil (…)" ahahaha adorei esta!!

  15. Justine 15 Julho, 2009 / 21:48

    E aqui se prova que quando os homens resolvem pensar…sai coisa fina! Delicioso, TP:))
    Abraço

  16. MagyMay 15 Julho, 2009 / 21:24

    Gostaria de distingir uma delas mas é difícil.
    São todas um mimo…umas irónicas…outras um primor de humor…outras verdadeiras…outras inteligentes ..outras dahhhh, assim a modos que (o Balzac é um sectário).
    Mas esta…'Às vezes odeio a gravidade! Sem a atracção da Terra, um homem podia lançar outro, só com um sopro, para as profundidades do espaço, sem retorno possível, durante toda a eternidade.'…é que também às vezes apetecia-me tanto, tanto…

  17. Baila sem peso 15 Julho, 2009 / 20:07

    E não é que eu fiquei igualzinha
    A tão bela fotografia, em pose
    A pensar, em tantos pensares…
    E sem saber na minha moleirinha
    Qual o melhor original que se coze
    No meu estado de entediados ares…

    Isto anda bera, meu amigo…
    Nem sempre a poesia está comigo!
    E se a pensar morreu um burro
    Se penso muito também prái zurro!

    E o certo é, que antigos originais
    a mim me parecem bem actuais!!

    E Rão Kyao fecha muito bem…
    "Ai, ai, ai minha machadinha
    Quem te pôs a mão sabendo que és minha"

    Tal como cada frase, a seu dono como convém!!

    E deixo um grande abraço
    E um beijinho no meio do meu cansaço

  18. São 15 Julho, 2009 / 19:17

    E se Balzac fosse dissecado, também seria interessante…

    Mas onteressante a sério é a colecção de sentenças que nos oferece, algumas já minhas conhecidas.

    Fique bem.

  19. mdsol 15 Julho, 2009 / 18:11

    Mas que elenco!Muito bem. Gostei de ler! E, já sabe como gosto de aqui vir.

    :))

  20. Rosa dos Ventos 15 Julho, 2009 / 18:11

    Esta é uma listagem e tantos! :-))
    Para fazer pensar e para rir que é o resultado de se pensar bem!
    Então a última é um mimo de veneno, infelizmente em uso por aí…, nalguns casos!

    Abraço

  21. Dulce 15 Julho, 2009 / 16:35

    Originais, alguns lúcidos, mas convenhamos que Balzac teve lá seu toque de crueldade… rs…
    Um abraço.

  22. Paula Raposo 15 Julho, 2009 / 16:27

    Pensamentos bem interessantes que escolheste para juntar aqui. Beijinhos.

(actualmente os comentários estão encerrados)