no ano de 1901…

  • É inaugurada em Lisboa a primeira linha de carros eléctricos, entre o Cais do Sodré e Algés. Apesar da euforia, os jornais alertam para o perigo: ‘os relâmpagos serão inevitavelmente atraídos pelos cabos aéreos, pondo a vida dos passageiros em perigo’.
  • O primeiro telegrama em TSF é enviado do forte do Alto do Duque, em Algés, para a Raposeira, na Trafaria.
  • O ensino escolar passa a ser obrigatório e gratuito durante três anos.
    É inaugurado o Congresso Colonial Nacional, em Lisboa.
  • Portugal e Inglaterra chegam a acordo sobre a delimitação da fronteira de Angola.
  • Um maço de tabaco custa 30 réis, uma plateia de teatro custa seis tostões, um lugar de sombra no Campo Pequeno custa oito tostões e uma refeição económica custa um tostão (um tostão eram cem réis).
  • É fundada, em Lisboa, a Sociedade Nacional de Belas-Artes.
  • Portugal importou 20 automóveis, no valor de 37,9 milhões de réis.
  • João franco funda o Partido Regenerador Liberal.

 

 

 
.

10 comentários sobre “no ano de 1901…

  1. Anónimo 18 Março, 2007 / 20:02

    O que aqui aprendo sempre!
    Obrigada.

    Um abraço

    Maria Mamede

  2. greentea 13 Março, 2007 / 22:36

    Há um livro de Armando de Castro sobre História Economica de Portugal que traz informações desse género e é muito interessante, comparar a evolução dos preços e do dinheiro não deixa de ser curiosoà distancia de um século…

  3. Licínia Quitério 13 Março, 2007 / 15:42

    Mas que interessante viagem no tempo. Faz-nos bem repegar estes fios da nossa história tão próxima. Achei imensa graça aos receios quanto aos perigos dos eléctricos. Hoje receia-se a net…

    Um abraço.

  4. Adryka 13 Março, 2007 / 08:40

    Retroespectiva de uma pessoa atenta.

  5. Pepe Luigi 12 Março, 2007 / 22:47

    Interessante retroespectiva!

    Um abraço amigo
    Pepe.

  6. JPD 12 Março, 2007 / 21:40

    Conservar a memória viva ajuda a perceber o presente e perspectivar o futuro.

    🙂

  7. Gi 12 Março, 2007 / 18:39

    ” ensino escolar passa a ser obrigatório e gratuito durante três anos.” … íam no bom caminho, só que depois se perderam !

  8. un dress 12 Março, 2007 / 18:31

    isso há…mil séculos??

    parece não parece? 🙂

    beijoS

  9. redonda 12 Março, 2007 / 14:47

    Gosto de ler estas notícias 🙂

(actualmente os comentários estão encerrados)