no ano de 1904…

  • Em Abril estabelece-se a ligação telefónica entre Lisboa e o Porto. Durante o resto do ano registaram-se cerca de cinco mil chamadas.
  • Uma força expedicionária portuguesa é massacrada no Cunene, em Angola, por guerreiros cuamatos.
  • Na abertura da temporada de Ópera, em Lisboa, Carlos Malheiro Dias escreve na Ilustração Portuguesa que ‘a abertura de S. Carlos só tem, na vida nacional, a emulação de um acontecimento de importância: a abertura das Cortes’.
  • Inicia-se a distribuição de luz eléctrica a particulares, em Lisboa.
  • Conta o jornal O Dia que ‘o infeliz Albano de Jesus, o homem-macaco, foi perseguido e apedrejado pela multidão, em Lisboa. Em saltos formidáveis, de mais de dois metros, aos uivos, o anómalo foi envolvido pela inclemente turba e só a intervenção da polícia pôs fim à cena grosseira e pouco humanitária’.
  • Abertura da primeira sala de cinema, em Lisboa, o Salão Ideal.
  • Portugal e Holanda assinam um tratado, fixando as fronteiras de Timor.
  • É fundado o Sport Lisboa e Benfica.
  • Carolina Micaëlis de Vasconcelos, publica o Cancioneiro da Ajuda.

 

.

5 comentários sobre “no ano de 1904…

  1. Bichodeconta 28 Junho, 2007 / 19:47

    É sempre tão bom ler o que escreve, que maravilha de narrativa que nos transporta para um mundo tão diferente, tão igual Deixo um abraço e deixo o desejo de boa semana.

  2. un dress 28 Junho, 2007 / 14:18

    fiquei a imaginar: lisboa sem luz…;)

  3. Era uma vez um Girassol 27 Junho, 2007 / 20:18

    Interessantes memórias dizendo respeito a um Portugal extravazando fronteiras…
    Agradeço a visita ao girassol e o apontamento feito com humor…fino!
    Abraço amarelinho

  4. pb 27 Junho, 2007 / 17:05

    E n�o � que s�o mesmo coisas do arco da velha ? efem�rides de um Portugal antigo.

(actualmente os comentários estão encerrados)