snob


Na Inglaterra, desde a Idade Média que era habitual, colocar o título nobiliárquico de cada pessoa depois do nome. Se a pessoa não tinha qualquer nobreza, no lugar dessa inscrição de merecimento escrevia-se a designação latina sin nobilitate (sem nobreza).

Alguns estudiosos avançam a possibilidade de outra hipótese ser sine obulo, ou seja, sem vintém, sem dinheiro, sem classe.
O decorrer do tempo encarregar-se-ia de criar a associação desta (uma ou outra) nomeação, a alguém que se finge da nobreza; por colagem figurada, quem se pavoneia, se ridiculariza com maneirismos, afinal, quem quer e não pode.

 

 

 

 

(quem com penas de pavão se enfeita a muito se sujeita)