camélia


A camélia tem este nome porque foi trazida do Oriente (Japão, por isso também japoneira), no século XVII pelo padre jesuíta George Joseph Kamel (1661-1706), nascido na Morávia e durante algum tempo missionário nas Filipinas, onde estudou, como naturalista, animais e plantas. No seu regresso, ele trouxe daquele arquipélago, algumas mudas de uma árvore sem nome, ainda em planta, que dava uma flor muito bela, embora sem cheiro.

Do nome latim do jesuíta Camellus, Lineu tirou o nome latino de Camellia para a planta, nome que sempre perdurou até aos nossos dias.