o primeiro milho é dos pardais

pardalEste adágio pretende minimizar os aparentes maus começos de qualquer actividade, incutindo confiança nos resultados futuros.
Não parece, aqui, haver dúvidas de que a origem – talvez será melhor dito escrever no plural -, convergem nesse sentido.
De acordo com a Mitologia romana era costume lançar aos pássaros os primeiros frutos da colheita; homenageavam-se os deuses, de quem as aves eram dignitários preferidos.
Na Idade Média, na tradição judaica e cristã, esse costume manteve-se (alterando-se) no hábito de ofertar à igreja ou ao templo os primeiros frutos das colheitas (as primícias).

 

 


(passarinhos e pardais não são todos iguais)