fazer colheres

Quem se entretém com trabalhos de pouco interesse ou utilidade, quem, afinal, não faz nada, diz-se que faz colheres, o que também pode ser compreendido como um modo de passar (ou matar) o tempo
Matar o tempo era, muito provavelmente, o que antigamente faziam os pastores enquanto o gado pastoreava por perto. E a forma mais tradicional de o fazerem era construindo flautas de cana ou madeira ou, então, com os mesmos materiais (havia uma ou outra possível substância de trabalho, nomeadamente o chifre ou osso), entretinham-se a fazer colheres, sobretudo as conhecidas e ainda usadas… de pau.

 

 

 

(quem não sabe o que fazer, faz colheres;
quem não tem nada que fazer, faz colheres
)