existiram as Minas de Salomão?

pintura sobre a recepção do Rei Salomão à Raínha de Sabá

Existiram e ficavam na Palestina: mas eram minas de cobre e não de ouro.
Na verdade, estas últimas nunca existiram, a não ser no romance As Minas do rei Salomão, de Henry Rider Haggard (1856-1925), do qual se fizeram várias versões cinematográficas, sendo a mais famosa delas a de 1950, com Stewart Granger e Deborah Kerr nos principais papéis.
A descoberta em 1868, em África, de Grande Zimbabwe, as ruínas de um centro medieval de comércio de ouro, inflamou a imaginação popular e inspirou o romancista, que descreveu as minas auríferas exploradas pelo rei hebreu, baseando-se na história bíblica da opulência da sua corte e na sua frutuosa relação com a rainha de Sabá.

.