andar embiocada


A origem desta expressão remonta ao século XVII, altura em que as senhoras da sociedade, especialmente nas grandes cidades, usavam uma espécie de touca de freira (o bioco), cuja finalidade era, de alguma forma, preservar a sua intimidade. Daí que à expressão andar embiocada o povo lhe tenha associado o andar calada, metida consigo mesmo, ou até, tristonha e ensimesmada.
(ver pensar na morte da bezerra)

 

 

 

 

(cismas tuas, trinta e duas)