tarde piaste


Resposta que vulgarmente se dá, quando uma situação se tornou irreversível.
Quem piou tarde perdeu o prazo, deixou de impugnar o acto em tempo útil e hábil. Existem duas explicações anedóticas como provável origem desta locução.

Uma refere-se ao milhafre, ou milhano, ave de rapina que não costuma apanhar presas vivas, mas que, por excepção, às vezes apanha um ou outro pintainho mais desprevenido e o devora; embora piem, de nada adianta, porque tarde piaram
Outra versão fala-nos de um galego, que a comer ovos crus, ao engolir um que não estava fresco, já na garganta lhe piou um pinto, ao que ele teria retorquido tarde piache!…

 

 

 

 

(não foi morte de homem nem roubo de igreja)

13 comentários sobre “tarde piaste

  1. Anónimo 8 Junho, 2007 / 07:30

    Olá meu Amigo, bom dia!
    Para mim este “dito” tem uma piada enorme.. meu Pai, nascido no Samão, aldeia de Cabeceiras de Basto e grande contador de histórias, contava essa, como tendo acontecido a um conhecido dele, lá da aldeia.
    Desde pequena que ouvi “montes delas”; umas ficaram na lembrança, outras não; mas tenho a certeza que foi isso que me fez amar tanto os contos, as histórias e a elas dedicar muito tempo de minha vida.
    Obrigada pela partilha e por tão maravilhosamente me fazer recordar algumas histórias.
    Um abraço da
    Maria Mamede

  2. mafalda 27 Maio, 2007 / 16:21

    Que post delicioso. Aqui aprende-se SEMPRE alguma coisa… e também nos divertimos. Particularmente hilariante para a explicação da expressão é a versão do galego. Adorei!
    Beijinhos.

  3. Gi 26 Maio, 2007 / 13:22

    Perguntam-me por vezes onde vou arranjar tanto material. Questiono o mesmo em relação ao que aqui deixa.
    Um beijinho e até para a semana.

  4. bom dia isabel 25 Maio, 2007 / 18:16

    Deixo-te um beijo e desejo-te um bom fim de semana.

  5. Meg 25 Maio, 2007 / 17:32

    Moral da história… vivendo e aprendendo.
    Bom fim de semana

  6. Frioleiras 25 Maio, 2007 / 18:16

    pintos, galinhas etc etc…
    o que eu tenho,
    ultimamnete,
    encontrado nos blogs !
    Estou a brincar… gosto muito do que escreves por aqui!

  7. veritas 25 Maio, 2007 / 17:47

    Olá!

    Penso que tanto uma como outra explicação vêm a propósito…
    Votos de um óptimo fim-de-semana.

  8. tufa tau 25 Maio, 2007 / 16:43

    pobre galinha…
    e não pobre galego
    beijo

  9. Maria Velho 25 Maio, 2007 / 09:19

    Posso piar? ou já é tarde??

  10. butterfly 25 Maio, 2007 / 00:56

    Interessante!!!!
    Ignorava que tinhas voltado a piar:)
    Beijo

  11. un dress 24 Maio, 2007 / 23:19

    tadinho…:)))

  12. viajante 24 Maio, 2007 / 16:21

    Sempre a aprender.

  13. eu 24 Maio, 2007 / 11:28

    Muito interessante.
    Onde descobre estas “coisas”?
    Para uma mãe galinha é arrepiante.
    D. Galinha

(actualmente os comentários estão encerrados)